15 anos de tradição jurídica!
Atendimento pelo novo WhatsApp
Entre em contato e agende sua consulta com Drª Denise Reis
novo número de WhatsApp .... Anote ........ (21) 2481-1417
A aplicação das leis é mais importante que sua elaboração..
Consulte sempre um(a) advogado(a).. é essencial para a JUSTIÇA!

Notícias Jurídicas

Controle de Processos

Insira seu usuário e senha para acessar informações do seu processo:

Matéria Publicadas


Até Que O Facebook Nos Separe! - 12/01/2015

 
No Brasil, uma pesquisa feita em seis capitais (São Paulo, Rio De Janeiro, Curitiba, Porto Alegre, Salvador e Recife) mostrou como as redes sociais interferem nos relacionamentos amorosos, sendo cada vez maior o número de brasileiros que procuram parceiros nas redes socais.
 
Dos 600 inquiridos que participaram do inquérito em 2010, 60% admitiram que usam o computador para conquistar alguém, 62% vigiam constantemente a página do parceiro nas redes sociais e 67% admitiram que visitam o perfil do ex namorado com frequência para verificar se este já refez a vida e se encontra feliz.
 
Há ainda 35% dos entrevistados que se vingam do fim do relacionamento procurando na internet um novo parceiro, enquanto 26% fazem declarações nas redes sociais para todo o mundo ver! Uma pesquisa recente feita nos EUA, chegou ainda á conclusão de que tinham aumentado os casos de divórcio devido á intervenção das redes sociais entre os casais com o facebook encabeçando a lista.
 
Isto porque, criar um perfil no facebook leva menos de 5 minutos. Escrever um comentário no mural de alguém demora menos de 1 minuto. Clicar no gosto da ligação de um amigo, se faz em poucos segundos. No entanto, há comportamentos virtuais que podem literalmente destruir relações reais com vários anos de existência se não se fizer uma utilização desta rede social com conta, peso e medida.
 
Certo é que as simples ações alinhavadas acima, cometidas nas redes sociais servem como meio de prova para deflagrar um divórcio e seus desastrosos reflexos pois se, por um lado temos a rapidez e praticidade do mundo virtual a nosso favor nas mais diversas finalidades, por outro, temos a modernização  eletrônica do Poder Judiciário que não está desatento a riqueza de provas que facilmente são extraídas das páginas do facebook como fotos, encontros, comentários, postagens, etc., acarretando em um divórcio da forma mais tortuosa e prejudicial possível para a(o) conjugue, a (o) companheiro(a) ou ao que foi traidor(a), ainda que de forma virtual.
 
Para que se de uma utilização saudável do facebook sem cair em comportamentos obsessivos de tentar controlar os amigos que a outra pessoa adicional ou de ver a que horas ela está online, por exemplo, não é necessário esclarecer a vida íntima, o que precisamos é de fomentar a nossa confiança através de transparência e através da honestidade e clareza, ou seja, através da assertividade, permitindo que a pessoa que está conosco se sinta efetivamente segura questões como exigir a passwold do outro, exige que o outro mostre todos os dias aquilo que anda fazendo no facebook no horário de trabalho, não fará muito sentido, até porque isso fomentará, talvez, não a insegurança no sentido da fidelidade, mas a falta de confiança!
 
Fato é que o facebook constituiu uma ferramenta de aproximação entre pessoas que você não vê há 20, 30 ou 40 anos. Mas possui o mesmo poder na hora de deflagrar brigas conjugais e divórcio tortuosos, por conta de postagens de fotos e exposição na rede de situações que geram desconfiança, humilhações, servindo inclusive como meio de prova da infidelidade e o desrespeito para com o(a) parceiro(a), provocando, muitas vezes, o rompimento conjugal.
 
Assim, necessário se faz olhar atento ás necessidades e queixumes do seu parceiro ou parceira que está ao seu lado hoje pois, o respeito mútuo e a confiança ainda é a mola mestra de um casamento saudável e harmonioso nos dias atuais.
 
 
Autor: Drª Denise Reis

Contate-nos

Av. Padre Roser  Nº 42  SALA 512 - Edifício Punto Offices
-  Vila da Penha
 -  Rio de Janeiro / RJ
-  CEP: 21220-560
+55 (21) 2481-1417+55 (21) 991137530
© 2020 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia
Visitas no site:  48221